Feeds:
Posts
Comentários

Archive for julho \29\UTC 2010

Cai, cai balão

Guardando as compras da feira, olho para o papel roxo que embrulha a maçã argentina e tenho a sensação de que, para mim, ele tem um significado maior que de apenas uma embalagem de fruta.

– Anita: Celsoooo, pra que a gente usava esse papel quando eu era criança?
– Pai: Ah, peraí.

Misterioso, meu pai vem até a cozinha, junta as quatro pontas do papel, abre a porta que dá para o quintal e cuidadosamente posiciona o objeto no chão. Em seguida, coloca fogo em uma das extremidades e o balão voa, voa até cair no outro lado da calçada e se desmanchar em cinzas.

– Pai: Não é nada né, mas para uma criança…

É mesmo. Tanto que aquele papel roxo, aparentemente sem graça, me levou a um lugar do passado que conscientemente não sabia existir.

Read Full Post »

E agora, José?

E agora, Anita?
A viagem acabou,
O farol apagou,
O sonho sumiu,
A perna esfriou,
E agora, Anita?

O coração continua em movimento. A cabeça voa. Os pés coçam. E tudo que aparece na minha frente agora parece viajar: os programas de TV, os amigos de facebook, meu primeiro frila e até o poema de Mario Quintana que leio antes de dormir.

Preparativos para a viagem

Uns vão de guarda-chuva e galochas,
outros arrastam um baú de guardados…
Inúteis precauções!
Mas,
se levares apenas as visões deste lado,
nada te será confiscado:
todo o mundo respeita os sonhos de um ceguinho
– a sua única felicidade!
E os próprios Anjos, esses que fitam eternamente a face
[do Senhor…
os próprios Anjos te invejarão.

(Mario Quintana)

Read Full Post »

Acho que agora sim posso dizer que cheguei. Depois da minha primeira semana de volta ao Brasil, cheia de pai e mãe para curtir, familiares para ver, sono para colocar em dia, malas para desfazer e roupas para lavar, saí novamente em viagem.

Primeiro, visitei minha vó no interior de Santa Catarina. Na sequência, fiquei quase dez dias com minha tia, meu tio, meu afilhado lindo e meu novo priminho numa pequena cidade do Rio Grande do Sul. Em seguida, fui conhecer Porto Alegre e rever duas amigas especialíssimas. Por fim, ganhei de lambuja um fim de semana no Farol de Santa Marta, em Laguna, com meus pais.

Só na semana passada é que finalmente voltei à vida real. E olha que nem é tão vida real assim porque não tem trabalho. Só comecei a resolver minhas pendências com bancos e médicos e coisas do tipo. Então agora é que vai começar a parte difícil, certo?

Read Full Post »