Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \26\UTC 2009

Escrito e postado por Celso Martins a pedido de Anita, que se restabelece de uma cirurgia de apendicite. Ela começou a sentir dores, procurou recursos médicos e internou num hospital próximo a Byron Bay. Ela está bem. A médica dela aqui no Brasil, dra Darciléa Alves do Amaral acompanhou por telefone a intervenção. A equipe médica que a atendeu foi eficaz, atenciosa e muito ética. O casal de músicos onde ela está hospedada – Carl Cleves e Parrisa Bouas – se desdobra em atenções. Carl conduziu e buscou Anita no hospital, falou com a equipe médica e avalisou os custos.

Temos eu e Margaret conversado com ela ao telefone. Há poucos minutos nos relatou que está tomando sol na varanda nos fundos da casa, ouve música e o canto dos pássaros, sob uma temperatura de cerca  de 30º. Só está preocupada com o curso – é possível que tenha que faltar a algumas aulas.  E está conformada com a possível perda do emprego na fábrica de bolachas. Anita me pediu que fizesse essa postagem (auxiliado por Margaret), visando informar e tranquilizar os amigos e todos aqueles acompanham o blog. A foto foi feita em Sambaqui (Florianópolis-SC).

Anúncios

Read Full Post »

Povo amigo, tenho um emprego. Sou a mais nova funcionaria da Byron Bay Cookie Factory (vulgo Fabrica de Bolachas Byron Bay). No primeiro dia, passei sete horas colocando nove confetes em cima de cada cookie cru. Fiz isso em 700 unidades. Achei que ia desenvolver um TOC com o numero nove. Tipo, agora so como nove chocolates por vez, so dou nove passos e tenho que parar, so escrevo nove emails para o Brasil diariamente. Mas nao se preocupem. No segundo dia, ja fiz outras coisas como colocar 12 bolachas em uma caixa e 24 em outro tipo de caixa. Agora posso escolher o numero para ter TOC ne!? Tambem fiquei parada na frente de uma esteira so encaixando as embalagens para serem preenchidas pelos outros coleguinhas.

Ah, logico que ja causei. Logo na estreia, tomei uma chamada do supervisor por estar conversando muito. “Voces podem bater papo, mas nao diminuam o ritmo, ok?”. Ok, mas nao consigo contar e falar em ingles ao mesmo tempo sem lerdear um pouco. Enfim. O bom eh que ganho pacotes de bolachas quebradas todo dia. O povo da escola de ingles adora. Eu nao muito porque a fabrica cheira a esses biscoitos. Entao, como fico fungando isso durante horas, nao consigo achar o cookie uma delicia depois. Enfim, minha gente, sou o retrato do proletariado australiano.

Read Full Post »

Ir ao Byron Bay Market, feira que rola todo primeiro domingo do mes e atrai turistas para a cidade, foi uma experiencia interessante, tanto pelas caracteristicas estranhas do lugar, quanto pelas familiares. Na entrada, dei de cara com um guri tocando violao e ganhando moedas em troca. Na frente, outro guri ainda mais guri curtia o som e dancava. Hum, diferente ne!? Mas atras, prestem atencao, a barraquinha de roupas ja me lembrou a boa e velha Benedito Calixto. Quase perguntei se tinham comprado as roupas la.

musico-jovem-byron-bay-market

Depois, passei por varios outros musicos e achei normal porque eram adultos e tinham as suas bandas. Mas ai me aparece um cidadao com uma harpa. Nao sei voces, mas eu nunca tinha assistido a uma apresentacao de harpa no meio de uma feira.

menina-ve-banda-byron-bay-market
musico-harpa-byron-bay-market

Na sequencia, olhando em volta, comecei a me dar conta da piada que eh a quantidade de produtos organicos que se encontra por aqui. Acho os organicos otimos. Adoro. Mas dai a tudo ser organico eh um pouco demais. Byron Bay esta lucrando com esse marketing. Deem uma olhada nesses deliciosos (mas pra mim nada organicos) donuts.

doughnuts-organicos-byron-bay-market

cafe-organico-byron-bay-market
cremes-organicos-rosto-byron-bay-market
Para nao exagerar no numero de novidades diarias, resolvi terminar esse passeio com algo bem brasileiro: caldo de cana. Notem o tiozao moendo a cana la atras. Me senti na feira de sabado da Mourato. Ou na barraquinha de cana no Sambaqui. Mas, claro, o gosto nao eh o mesmo. Modestia a parte, o nosso caldo de cana eh bem melhor que o sugar cane juice deles.

caldo-de-cana-byron-bay-market

Read Full Post »

Aquele da inveja

Hoje, deixo por aqui uma mostra das paisagens variadas que tenho visto por aqui. Uma caminhada que voce da depois da escola, um passeio que voce faz no fim de semana, uma carona que voce pega, tudo eh motivo para conhecer lugares novos (e bonitos). Sei que pode rolar uma inveja, mas prestem atencao. Na ultima aula, descobri que em ingles ha uma palavra para inveja ruim (jelous) e outra para inveja boa (envious). Portanto, fiquem apenas envious, ta?

Vista do morro onde fica o farol de Byron Bay

Vista do morro onde fica o farol de Byron Bay


Este eh o famoso farol de Byron Bay. Uma hora dessas, ainda acordo as cinco da manha para ver o nascer do sol de la. Dizem que eh imperdivel

Este eh o famoso farol de Byron Bay. Uma hora dessas, ainda acordo as cinco da manha para ver o nascer do sol de la. Dizem que eh imperdivel


Queda d'agua do Parque Nacional Nightcap, que fica a meia hora de Byron Bay

Queda d'agua do Parque Nacional Nightcap, que fica a meia hora de Byron Bay


Outra cachoeira, tambem no Nightcap. Nessa da para tomar banho. Depois, claro, de perguntar para os locais se nao tem crocodilos

Outra cachoeira, tambem no Nightcap. Nessa da para tomar banho. Depois, claro, de perguntar para os locais se nao tem crocodilos


Stokers Siding eh a estacao de trem de uma comunidade minuscula a 40 minutos de Byron Bay

Stokers Siding eh a estacao de trem de uma comunidade minuscula a 40 minutos de Byron Bay


Casa ao lado da ferrovia de Stokers Siding

Casa ao lado da ferrovia de Stokers Siding


Plantacao de macademias nas montanhas ao redor de Byron Bay, onde ficam as comunidades hippies

Plantacao de macademias nas montanhas ao redor de Byron Bay, onde ficam as comunidades hippies

Aproveito para pedir desculpas aos leitores (ate mesmo para aqueles que ja me xingaram) pela demora para postar. Como uma boa cidade pequena, Byron Bay tem uma internet instavel. Ontem, por exemplo, choveu bicas e o acesso ficou precario. Alem disso, a bonitona aqui tem que procurar emprego. Entao, cada horinha no computador eh uma horinha a menos na rua entregando curriculos e fazendo cara de simpatica. See you!

Read Full Post »